Percurso campista - Como chegaram até aqui?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Percurso campista - Como chegaram até aqui?

Mensagem por Tiago em Sex Jul 17, 2009 5:20 pm

Mora escreveu:O dinheiro é curto e daí a nossa indecisão no que havemos comprar, mas agora sei, mais que nunca, que vamos ter uma caravana um dia destes.

Certamente que sim! Também eu enfrentei essa dificuldade económica, mas acabamos por encontrar sempre alguma coisa. Nem que seja para começar Wink

Boa sorte!
avatar
Tiago

Mensagens : 219
Pontos : 253
Data de inscrição : 07/05/2009
Idade : 38
Localização : Ermesinde - Porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Percurso campista - Como chegaram até aqui?

Mensagem por Mora em Sex Jul 17, 2009 1:13 pm

Deixo-vos aqui o meu testemunho.
Iniciei a minha vida de campista ainda com 3 anos, naquela altura (vim a saber mais tarde a coisa era dificil), e assim os meus pais juntamente com uns compadres iniciaram-se nas lides de campistas um pouco à toa.
A tenda foi feita pelos meus pais e era uma canadiana, era grande pois sei que chegaram a dormir lá 9 pessoas. E o campismo começou por ser selvagem. Assim todos os anos rumavamos para a Lagoa de Albufeira, onde ficavamos no meio do Pinhal, as condições não eram as melhores mas viver na natureza era uma alegria. Eram três meses que por ali ficavamos, como só trabalhavam os homens adultos, estes faziam os fins de semana e o resto do pessoal ficava todo o verão na praia.
Só havia o carocha do meu pai, e era incrivel como conseguiam arrumar 4 adultos e 5 crianças lá dentro com duas tendas e uma parafernália de coisas, que iam espalhadas por todo lado.
Não sei ao certo quantos anos lá passamos mas foram muitos, entretanto o meu pai fez uma casa na provincia e o campismo acabou, as férias passaram a ser perto do rio zezere mas em casa.
Já adolescente crescido e com alguma idependência voltei ao campismo, onde ia com amigos e aí conheci alguns parques pelo país.
Contudo quando conheci a minha esposa em 1994 voltou a acabar, pois os pais dela tinham uma pequena casa na charneca da caparica e costumavam passar uns dias no Inatel de Albufeira, e lá fui eu tornar-me sócio da dita instituição.
Passei assim a passar férias no campo na casa dos meus pais na praia na casa dos meus sogros e nos inateis pelo pais.
Nunca perdi o bichinho do campismo mas a minha esposa dizia sempre que não, pois tinha como noção os parques da Costa da Caparica onde todos se amontuavam.
Este tempo todo, tenho percebido que passar férias assim, me tira a liberdade, tenho sempre de partilhar fins de semana e
férias ora com pais ora com sogros, não é que não goste deles mas falta sempre qualquer coisa.
Lá insisti, que este ano convenci-a que era giro ir-mos visitar um parque temático a Espanha e que em vez de hoteis (que sairia dispendioso) podia-mos comprar uma tenda e acampar. Depois de muito batalhar acabei por investir numa tenda familiar da Queschua, e lá fomos nós com a pickup compeltamente cheia (tenda geleira electrica colchões cadeiras e mesas televisão etc, não cabia mais nada). Durante a viagem fui sempre com um nó na garganta pois receava que quando chegasse-mos ao parque ela me disse-se aqui não fico.
Montar a tenda foi uma aventura, pois não pareceu tão facil como tinha visto nos videos da marca, mas lá consegui e a minha esposa sempre de pé atrás, eis que quando termino de montar a tenda perto das 19h começa a chover de tal forma que pensei, é desta que a casa vem a baixo, e vamos já embora. Depois deste primeiro dia atribulado foi uma maravilha, tudo correu bem e a esposa gostou muito da experiência.
Foi então que se fez um click nas nossas cabeças, no parque (que era enorme) apenas encontramos outra tenda montada por sinal igual à nossa e que também era de uns portugueses, o resto eram só caravanas e umas poucas autocaravanas.
-E se comprasse-mos uma coisa destas?
-tu és maluco isto dever ser muito caro.
Foram passando os dias e no dia final ela vira-se para mim e diz-me, vamos dar uma volta pelo parque para tirar-mos as marcas das caravanas para futura consulta, eu até já estive a falar com uns vizinhos holandeses e achei que estavam muito bem acomodados.
Desde essa altura que não temos parado de ver caravanas em sites e stands e foi então que descobri aqui o forum. O dinheiro é curto e daí a nossa indecisão no que havemos comprar, mas agora sei, mais que nunca, que vamos ter uma caravana um dia destes.

Desculpem se se me alonguei muito...
avatar
Mora

Mensagens : 165
Pontos : 187
Data de inscrição : 24/06/2009
Idade : 46
Localização : Mafra

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Percurso campista - Como chegaram até aqui?

Mensagem por PJCC em Sex Jul 17, 2009 3:16 am

Muito sinteticamente, comecei numa autocaravana, com os meus pais e irmãos. Devo ter atravessado algumas vezes Espanha, deitado na sala em U traseira a ouvir o meu Walkman. Era uma Pilote gigantesca, a maior que se vendia na altura. Perdeu algumas peças em caminhos mais "degradados" e ruas estreitas como uma vez em Marbella, até polícia meteu...

Depois, o mastodonte foi rifado e os meus Pais adquiriram uma coisa perfilada e muito mais rápida. Pilote claro. Fez 8 000 km em 12 anos, salvo erro... Foi uma boa compra para quem ficou com ela, sempre guardada em garagem (sei que foi vendida em 24 horas...).

Mas nessa altura, aos 23 anos experimentei a tenda. Espanha claro, pois de tenda em Portugal, o baptizado foi nas Berlengas há um mês e claro não consegui dormir Crying or Very sad , e mesmo de caravana... é raro. Não é por nada, mas mais de 30 pessoas e considero uma multidão, logo prefiro outros locais, ou outras alturas do ano menos indicadas, como por exemplo o fim de ano ou até o Natal!

No ano seguinte, fui para Itália com a minha cara metade, quase 3 semanas. Ficámos um bocado fartos da tenda...

Mas em 2002, numa célebre viagem a Marrocos, a minha mulher disse que tenda nunca mais na vida. Logo, pensei que paredes é que nem pensar, tinha de arranjar uma solução. E assim foi. Na Nauticampo, no ano de 2003, como quem não quer a coisa, lá a convenci a comprarmos uma caravana. A srª vendedora bem nos dizia para repensarmos, pois um jovem casal, com uma Vimara 500 TKM, não era usual, mas ainda bem que não fomos na conversa, pois gostamos de algum espaço (depois de ver a gama Pucini instalada num parque em Merida, pensei logo que a minha caravana é pequena, o problema é que os veículos tractors eram VW Touareg V10, MB S AMG a zagolina, e um BMW X5 35d...).

Desde essa altura, percorremos a Península Ibérica de Norte a Sul, Este e Oeste, mas com especial incidência no pais de lá. E com mais 2 ocupantes que adoram e estão ansiosos para partir em breve para as águas calientes. Está quase...
avatar
PJCC

Mensagens : 47
Pontos : 53
Data de inscrição : 24/04/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Percurso campista - Como chegaram até aqui?

Mensagem por Mateus em Qui Jul 16, 2009 11:41 pm

Tal como alguns companheiros, tb acampo desde muito cedo. Lembro-me em pequeno de ir á caça com o meu pai e a familia ir com as tendas para a zona de caça (naquele tempo isso era permitido). Quando casei, tive a sorte de ter uma esposa que tb gosta da vida ao ar livre dando assim continuação á vida de campista marafado. Veio o primeiro filho que acampou pela primeira vez na tenda quando tinha 6 meses de idade. Na altura em que nasceu a minha filha, já tinhamos adquirido uma caravana velhinha mas em bom estado, que estava parqueada permanentemente num parque de campismo. Devido a algumas dificuldades na vida, tivemos de vende-la com um grande desgosto do meu mais velho, voltando novamente á velhinha tenda. Vendemos, mas ficou a promessa que um dia comprariamos outra, promessa essa que ele fez questão de nos recordar durante quase 5 anos. Finalmente há 15 dias atraz conseguimos finalmente cumprir o prometido. Hoje ele tem 9 anos e ela 5 anos e foi uma festa enorme, quando no passado fim de semana fomos estrear a Vimara Sport 400 LKK. Penso que agora se tudo correr bem, iremos goza-la da melhor maneira possivel sem precisar de vende-la (só se aparecer outra melhor ). É incrivel como um miudo que na altura tinha 4 anos de idade, nunca esqueceu a nossa promessa e durante estes anos, cobrou sempre.
Saudações a todos os companheiros deste forum
avatar
Mateus

Mensagens : 18
Pontos : 24
Data de inscrição : 08/07/2009
Idade : 44
Localização : Portimão

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Percurso campista - Como chegaram até aqui?

Mensagem por joaosantos.jca@iol.pt em Qui Jul 16, 2009 11:01 pm

JOÃO SANTOS VILA DO CONDE

ALGUNS COLEGAS CONVIDAVA ME PARA IR ACAMPAR EU DIZIA DORMIR NO CHÃO NEM PENÇAR HOJE TROCO UM HOTEL 5* POR UMA BARRACA NEM QUE CHOVA LA FORA UM DIA FIU ACAMPAR DE BARRACA ADOREI VOLTEI A REPETIR MUITAS VEZES ATE QUE UM DIA PENSEI VOU COMPRAR UMA CARAVANA E LA FUI SEM O MINIMO CONHEÇIMENTO COMPREI UMA QUE ESTAVA UM CHAÇO
DEPOIS DE MUITAS HORAS DE TRABALHO MUITAS NOITES SEM DORMIR

DESMONTEIA TODA E FIZ TUDO DE NOVO DESDE O CHAO ATE AO TECTO E ENTAO COMEÇOU A DAR GOSTO VER TUDO ARRANJADO MAS DEU MESMO MUITO TRABALHO SE DEUESTAVA A FICAR FIXE DEPOIS DE DOIS MESES MAL DORMIDO SEM FINS DE SEMANA O POUCO DE TEMPO QUE RESTAVA ERA A PENSAR COMO RESOLVER ALGUNS PROBLEMAS QUE APAREÇIAO ATE QUE FICOU PRONTA PARA O PRIMEIRO ENSAIO JÁ SABIA QUE QUANDO ACABASE O FIM DE SEMANA IRIA TER ALGUMAS AFINAÇOES E AJUSTES ENTERTANTO ACABEI POR A VENDER ERA UM POUCO PEQUENA NOVA EVENTURA UMA CARINHA NÃO TINHA CONDIÇOES. ENTAO NOVA CARAVANA DESTA VEZ DE PERFERENÇIA COM MENOS TRABALHO ALGUMAS ALTERAÇOES TIPO POR UM MICRO ONDAS UMA BATARIA E AFINAÇOES ESTA SEMI PRONTA PORQUE DEPOIS DO PRIMEIRO FIM DE SEMANA TEM SEMPRE AFINAÇOES NORMAIS MAS UM DIA TENHO ESPERANÇA DE COMPRAR UMA NOVA QUANDO SOBRAR UNS €€€ .ESPERO ESTE VERAO SAIR COM ELA E CORRER TUDO BEM ESTOU COM RECEIO COM A CONDUÇAO VEREMOS BONS PASSEIOS PARA TODA A MALTA CARAVANISTA.
avatar
joaosantos.jca@iol.pt

Mensagens : 29
Pontos : 51
Data de inscrição : 22/04/2009
Idade : 44
Localização : vila do conde

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Percurso campista - Como chegaram até aqui?

Mensagem por Castor Amigo em Qui Jul 16, 2009 5:12 pm

Para quem gosta de, Naureza e gozar ao máximo a Vida sem monotonia, até fica emocionado ao ler as vossas histórias.

Cá vai a minha.

A minha 1ª noite de campo foi aos 14 anos, era Escuteiro (a quem devo muito...). O bichinho da vida ao ar livre e em respeito e harmonia com a natureza nunca mais parou de crescer.
Tive a sorte de encontrar uma cara metade que tb foi escuteira e então para nós este tipo de vida só deixa saudades qd temos de voltar, de resto é Carpe Diem.
Começamos com tenda, mas cada vez que ia à Nauticampo ficava sempre com muita vontade de um dia experimentar uma AC ou CV, até que no ano passado compramos a nossa menina.
Tem sido uma experiência muito enriquecedora mesmo acampando na neve, onde pude constatar que "ela" está pronta para tudo só tenho é de a levar a passear.
avatar
Castor Amigo

Mensagens : 242
Pontos : 296
Data de inscrição : 25/04/2009
Idade : 46
Localização : Azeitão / Setúbal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Percurso campista - Como chegaram até aqui?

Mensagem por Tiago em Qui Jul 16, 2009 4:25 pm

Olá,

Tal como já referi noutro tópico, acampo desde que nasci. Os meus pais gostavam bastante de campismo, por isso todo os anos lá íamos, nem que fosse dentro do Fiat 127 atolhado até cima. (Nos parques de campismo fica tudo a olhar, incrédulo, como é que o meu pai conseguia acondicionar a tralha toda dentro do carro.) Entretanto entrei para os Escuteiros, onde acampar continuava a fazer parte de mim.

Desde então, 1 semana das minha férias de Verão sempre foi passada a acampar. Do iglo, passei à minha Vango Colorado 400, com capacidade para 4 pessoas e espaço que nunca mais acaba! No entanto, sempre que era preciso "fazer as malas" o carro ficava atolhado de material, a relembrar os tempos de campismo de infância. Se quisesse fazer campismo itinerante, a trabalheira logística desmotivava logo.. Quando estavamos nos parque, olhava as caravanas lá paradas e com admiração via a facilidade com chegavam e partiam. No entanto, dados os preços envolvidos, nunca ousei sequer pensar nisso, a não ser "um dia....".

O ano passado, devido à necessidade de outro conforto, lembrei-me de começar a ver preços de usados, que pudessem encaixar no curtíssimo orçamento. Só para ver!... Wink O que é certo é que a curiosidade rapidamente levou à vontade e à certeza, para toda a família. Após muito procurarmos e visitarmos, lá conseguimos encontrar a nossa velhinha Pluma, em muito bom estado, que logo cativou. Quando a fomos buscar, foi uma alegria! (há 3 meses atrás)

Já saímos umas 3 vezes com ela e semana após semana só pensamos na próxima vez. É o desejo de atrelar e partir, conhecer, explorar. Disfrutar da Natureza e quebrar com a rotina. Garantidamente, campismo e caravanismo sempre farão parte de nós!

Abraços!
avatar
Tiago

Mensagens : 219
Pontos : 253
Data de inscrição : 07/05/2009
Idade : 38
Localização : Ermesinde - Porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Percurso campista - Como chegaram até aqui?

Mensagem por JoseLuis em Qui Jul 16, 2009 3:53 pm

Desde muito novo (que ainda sou Smile ) que andei nos Escuteiros, acampar era a minha actividade favorita, estar junto com a natureza e gozar das magnificas paisagens deste Pais (norte-a-sul).
Esse bichinho ficou e de vez em quando tentava aliciar a minha então namorada a experimentar acampar, mas sem sucesso (as mulheres conseguem arranjar sempre desculpas que são dificeis contra-argumentar...).
Um belo dia ao fazer compras num HiperMercado no inicio de Verão -- lá estavam expostas diversas tendas / colchoes / Guarda-sois / etc.. e lá soltei eu um desabafo - "Esta tenda Só custa 30€, era só experimentar... se não gostaresa vimos embora" e surpreendentemente a minha namorada disse que sim! Escusado será dizer que de uma Iglô em que mal cabiamos, passamos para uma tenda "quatro-estações"... mas como era grande e morosa decidimos em 2005 comprar uma Quechua "Seconds" a maior com 260 x 230 para os fins-de-semana era o ideal e assim poderiamos fazer campismo "iterante" em diversos parques -- que foi o que sempre nos motivou.
Sempre que olhava para as Caravanas, nunca imaginei comprar pois calculava que era muito dispendiosas e que eu não tinha condições para a Parquear durante o ano e não queria fazer "contarto" de residente com nenhum Parque de campismo"... então nunca decidi sequer saber o preço de uma CV usada...
Até este ano, completamente ao acaso, parei junto a um "stand" de Caravanas em Guimarães e por mera curiosidade fui ver como eram as Caravanas, pois nunca tinha estado dentro de uma... Foi uma sensação muito acolhedora -- Imaginei-me logo a percorrer o Pais "sem destino" Smile foi então que referi que não tinha condições de Parquear, quando o vendedor me disse que eles faziam recolha e custava apenas 20€/mês <-- Foi o Click, foi exactamente à 3 meses essa visita e então comecei a ir a todos os sites que o meu amigo Google me apontava para procurar uma CV usada que conseguisse encaixar no meu curto orçamento.

ENCONTREI! Adquiri à +/- 4 semanas uma Adria Optima com 4mts e estou extasiado! Ainda não gozei a caravana completamente pois falta sempre uma coisita ou outra, mas aqui estou eu semana-atrás-semana ansioso que chegue mais um fim-de-semana para ir com a minha Familia descobrir mais um Parque / Paisagem / local / monumento / Praia Smile


[]'s
Jose Luis
avatar
JoseLuis

Mensagens : 101
Pontos : 150
Data de inscrição : 01/07/2009
Idade : 42
Localização : Por aí...

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Percurso campista - Como chegaram até aqui?

Mensagem por preis em Qui Jul 16, 2009 3:22 pm

Olá,

Eu não tenho historial de campismo, acampei apenas algumas vezes. Um dia li um artigo na visão acerca de caravanas e autocaravanas, respectivas fotos, e a história de um casal já reformados que trocaram a vida monotona de um apartamento por uma vida nomada, fiquei fascinado com o relato, identifiquei-me logo com a situação e poderia viver um pouquinho assim, ainda tenho de trabalhar muito, estou longe da reforma.
Foi então que comecei a ver anuncios. Sem pensar em prós e contras excluí logo ACs, pois as de preços acessíveis não me cativaram minimamente. Comecei a ver caravanas, andei em alguns stands a vê-las e nada, vi caravanas muito antigas e degradadas a preços exorbitantes, como é possível?
Até que soube de um amigo que já não via a algum tempo adquiriu uma, claro que entrei em contacto com ele e levou-me ao stand, onde após a explicação daquilo que pretendia, o vendedor disse-me que estava á espera de uma que poderia corresponder áquilo que pretendia. Quando a fui ver, era exactamente aquilo que idealizava, boa relação preço/qualidade e muito ao meu gosto, comparativamente ao que vi noutros stands.
Nem pensei 2 vezes, tratei logo do assunto, um pouco ás escuras, mas hoje considero que foi muito bom investimento, a minha famila e eu adoramos.

Um abraço,

Repetição de outro post
avatar
preis

Mensagens : 301
Pontos : 348
Data de inscrição : 27/04/2009
Idade : 47
Localização : margem sul

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Percurso campista - Como chegaram até aqui?

Mensagem por F. Ramos em Qui Jul 16, 2009 2:27 pm

Olá companheiros

No meu caso, já faço campismo desde que me conheço, mas sempre com tenda.
Depois com a cara-metade, continuamos a andar por ai com tenda e aos fins-de-semana com uma Ford Transit, era adaptada para os fins de semanas, por que durante a semana tinha o aproveitamento para o qual a comprei.
Mas ao longo destes anos andava sempre a ver caravanas e auto-tendas.
As auto-tendas foram logo tiradas da ideia, quando vi a trabalheira que era montar uma, e com o tempo chuvoso, tinha os mesmos problemas que as tendas.
Aqui á um tempo atrás estando á procura de uma caravana, foi quando a minha “velhadas” veio parar ás mãos sem eu dar conta. Como já a conhecia dos antigos donos e já tinha ajudado em algumas reparações que eles tinha feito na caravana, fiquei com ela.
O tal fim-de-semana que nunca mais aparecia, e quando fomos gozar finalmente a caravana, era só elogios ás caravanas e em especial à minha, claro.
Agora não vemos outra maneira de passar as férias ou os fins de semanas que podemos sem a nossa caravana.
Só quero agradecer ao amigo Henrique as dicas que me deu para eu me iniciar nesta vida de caravanista, e agora, a todos os companheiros e amigos deste fórum que aprendi mais em 2 meses e tal do que em toda a minha vida.
Um abraço a todos

Repetição de outro Post

_________________
F. Ramos

Caravanista / Radioamador
avatar
F. Ramos

Mensagens : 1514
Pontos : 1839
Data de inscrição : 20/04/2009
Idade : 50
Localização : Lisboa / Ferreira do Zêzere

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Percurso campista - Como chegaram até aqui?

Mensagem por Pluma Vermelhinho em Qui Jul 16, 2009 1:23 pm

Depois de ler aqui um topico lembrei-me de abrir este, julgo que terá algum interesse. Basicamente o objectivo será cada um contar como chegou ao dia de hoje contando (nao é preciso detalhes intimos Twisted Evil ) o seu percurso campista. Começo eu.

Em 2005 decidi fazer ferias sosinho. Mas claro, o dinheiro era curto. Foi o ano em que se lançaram as Quechua 2segundos, aquelas tendas que se abriam num piscar de olhos. Fui investigar os preços dos parques de campismo e fiquei maravilhado em ver o que havia disponivel. Completamente "a leste" do campismo, comprei o material que achei necessario e correcto: uma tenda, colchão de ar (que se furou logo na primeira noite!), saco cama e capa protectora para colocar debaixo da tenda. Assim fiz os meus primeiros 15 dias de ferias sosinho e como campista. Depois em 2006 decidi que queria acampar o ano inteiro e assim sendo comprei uma tenda Berg de 4 estações, muito aerodinamica e resistente, alem de mais espaçosa. Depois de quase um ano de fins-de-semana e ferias com ela, queria algo que desse para acampar mesmo com chuva, pois com chuva as tendas ficam todas sujas e depois é uma trabalheira pra limpar. Assim em 2007 comprei a primeira pseudo-caravana, uma Pluma Weekend. Era pequena o suficiente para ser rebocada pelo meu Fiesta e com ela fiz umas belas ferias e fins-de-semana mas... era muito pequena, estava limitado a parques que por vezes fechavam no Inverno e o avançado tinha o mesmo problema das tendas quando chovia. Então em 2008 virei-me para uma AV, uma Ford Transit "Vermelhinha" de 1992. Maquina de guerra, era muito agil em espaços apertados mas a habitalidade, embora bem melhor que a caravana Pluma, ainda nao era perfeita, tinha algumas lacunas em termos práticos do dia-a-dia. Dormi varias vezes fora de parques e isso deu muito jeito mas... quando ficava nos parques, tinha de ir a pé para onde quer que fosse. Não dava jeito nenhum... e então, depois de aparecer uma boa oportunidade de negocio, comprei em Fevereiro deste ano a Falcon. Excelente habitalidade para o tamanho, tem bateria para ser autónoma e tem tanta arrumação que pouco mais de metade da mesma é usada. E assim ando com ela, nao tanto como queria mas dentro em breve heide voltar ao meu ritmo normal Cool

Pluma Vermelhinho

Mensagens : 196
Pontos : 229
Data de inscrição : 04/05/2009
Localização : Mafra

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Percurso campista - Como chegaram até aqui?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum